:: coblog Acervo Almon | Novembro de 2010
  Acervo Almon
Histórico: Novembro de 2010    
 
"Primeiro Curso de Combate com Facas" HAMMER / ACERVO ALMON
Por  Márcia em 24/11/2010, 17:27
 |   | 
| |

Ministrado pelo Professor Sandro Rossi da escola SOTAI / SP

Data: 11/12/2010

Custo: 140,00

Número de Participantes: 16 alunos

Horário: 12:00 às 18:00

Local: Acervo Almon
Rua Saldanha Marinho, 459 - Centro - Curitiba/PR

Para inscrições e mais informações envie e-mail ou ligue para Márcia (Acervo Almon):
contato@acervoalmon.com.br
41 - 3324-1360 / 3224-8982


Obs.: A reserva será confirmada após o depósito de 50% do valor (70,00). O restante será pago no dia do curso.

_____________________________
Professor Sandro Rossi
36 Anos
Instrutor líder de São Paulo Capital;
09 anos de treinamento com o Mestre Ricardo Nakayama;
Treinamento em defesa pessoal:
- bastões filipinos;
- facas adagas e punhais;
- e armas improvisadas.
Cuteleiro e Advogado

Veja o Perfil completo do Professor Sandro Rossi em:
www.sotai.com.br

www.youtube.com

www.youtube.com
________________________________________________________

O depósito dos 70,00 (50% do valor do curso) deve ser feito no
Banco Itaú
Ag.: 0655
C/C: 09235-1
Nome: Almeida e Monteiro Ltda
CNPJ: 02.458.843/0001-61

E você deverá enviar-me os dados do depósito para que eu o confirme e faça a sua inscrição.

Qualquer outra informação é só perguntar.

Já estamos recebendo os pagamentos, então se fizer o quanto antes, melhor, é claro.
Aguardamos notícias,
Atenciosamente,
Márcia / Peter Hammer

Link Permanente  
Categoria: Curiosidades Comente!



Crônica de Daniel Zanella - Jornal Relevo
Por  Márcia em 18/11/2010, 15:23
 |   | 
| |

Pedro

Ninguém se ria do mal do vizinho
que o seu pode vir a caminho.

Ditado Popular



Pedro tem quatro anos e o ímpeto de uma humanidade inteira: ninguém pode com ele. Dito isso, já podemos aferir que Pedro não é exatamente uma criança tranquila, um quadro morto de museu para mostrar aos visitantes. Agora, por exemplo, ele está a fazer uso de seu carrinho de mão de brinquedo para fins estratégicos: a sua mãe pede pra que ele pare de transportar cocô de cachorro. Não é legal.

A mãe de Pedro – uma moça naturalmente tranquila e de rompantes de fúria de calar de medo ao filho – está a lamentar um pouco a carga energética do descendente único. Ele não para um minuto, um minuto sequer. Enquanto diz isso, ela interrompe duas vezes o discurso para pedir ao menino que pare de bater nos cachorros e também pare de colocar o pote de comida deles na cabeça.

Pedro gosta do Menino Maluquinho.

A mãe de Pedro é também de uma natureza ímpar. Ela comenta com um certo sorriso de canto o dia em que o filho, na casa da avó, gritou truco na mesa e pediu um cigarro em seguida.

Pedro é uma criança solícita e sempre busca cerveja na geladeira quando os amigos dos pais pedem – às vezes, fazendo uso de uma banqueta para alcançar as prateleiras mais altas.

É uma criança que também aprecia produtos inflamáveis. No começo dessa semana ele realizou uma proeza um tanto perigosa. Ao manusear um isqueiro de origem desconhecida no quarto dos pais, ateou fogo no colchão da cama. O colchão, passivo, ardeu em brasa. Pedro ficou assustado e recorreu ao banheiro. Tentou apagar o fogo com papel higiênico. O fogo reagiu, alastrando ainda mais o seu percurso e vigor.

O lance de sorte foi que o seu pai – antes de começar o ensaio – foi conferir onde estava seu filho e o encontrou já com o rosto todo chamuscado de fumaça e chamas altas consumindo os travesseiros, as cobertas e as cortinas. O pai fez uso de todas as cobertas possíveis para deter o princípio de incêndio, gritando por mais ajuda ao companheiro de banda.

O fogo foi contido, o pai sofreu algumas queimaduras leves nas duas mãos e, enquanto não adquirem colchão novo, o casal está a dormir em colchonete improvisado.

[A mãe, que estava trabalhando na cantina do colégio, conta que teve uma crise de choro incontrolável quando soube da notícia. Já pensou se o meu filho resolve se esconder embaixo da cama ou coisa assim?]

Pedro está perdido por aí, portanto, terei que buscar a minha própria cerveja. Acabo de saber que ele quebrou acidentalmente uma cadeira. Levanto-me da varanda. Não pretendo atrapalhar o ensaio do dia, por isso, terei que entrar na cozinha pela porta dos fundos. Desvio os carros e já avisto o quintal.

No quintal, os cães repousam tranquilamente sobre o colchão desfigurado.

[Pedro a lançar algumas pedrinhas sobre eles.]

Daniel Zanella

Link Permanente  
Categoria: Curiosidades Comente!



Acessem!!! Vale a pena
Por  Márcia em 10/11/2010, 15:36
 |   | 
| |


Livros em PDF

Gratuitos!

www.dominiopublico.gov.br

Link Permanente  
Categoria: Curiosidades Comente!

Login
Índice ()
» "primeiro curso de combate ...
»  crônica de daniel zanella ...
» acessem!!! vale a pena
Recados
Últimos Comentários
» leocir surdi - parabens! est...
Categorias
» Curiosidades (26)
» Novidades (12)
» Ocorrência (2)
Histórico
» Dezembro de 2013 (1)
» Novembro de 2013 (1)
» Abril de 2013 (1)
» Março de 2013 (1)
» Novembro de 2012 (1)
» Outubro de 2012 (3)
» Setembro de 2012 (1)
» Agosto de 2012 (1)
» Julho de 2012 (1)
» Fevereiro de 2012 (1)
» Janeiro de 2012 (1)
» Dezembro de 2011 (2)
» Novembro de 2011 (1)
» Outubro de 2011 (1)
» Setembro de 2011 (1)
» Agosto de 2011 (1)
» Julho de 2011 (2)
» Junho de 2011 (1)
» Março de 2011 (1)
» Novembro de 2010 (3)
» Outubro de 2010 (2)
» Setembro de 2010 (1)
» Agosto de 2010 (1)
» Julho de 2010 (2)
» Junho de 2010 (1)
» Março de 2010 (1)
» Maio de 2009 (1)
» Janeiro de 2009 (1)
» Novembro de 2008 (1)
Administração
Usuário: 
Senha:   
Mudar Senha | Esqueci a Senha
® 2007 Coblog - Desenvolvido por Corinfo Soluções WEB. Todos os direitos reservados